31/12/2009

O MEU SEGREDO

Ah se me encontrasse
a sós com o meu segredo
enquanto a chuva meu rosto golpeasse
e eu perdesse dele o medo

mas não...quando estou só
ele recolhe-se dentro de mim num enredo
revolve-me dentro dele levanta o pó
que me encobre de mim em meu segredo

amei um homem maravilhoso
casei e tive um filho mulher ditosa
mas já não sinto aquele fogo fulguroso
e amo outra paixão libidinosa

ah se eu soubesse que não há amor eterno
quando ao ver-me um dia nua descobri
ser por aventura ou gozo condenada ao inferno
talvez ousasse outro caminho que então vi

sou linda bela esbelta mulher airosa
tenho na alma um segredo desde criança
ser na paixão leviana de fogo em fogo esplendorosa
não ser fiel a um conceito absurdo sem esperança

enquanto no corpo a chama aviva e arde
e a alma se pavoneia alegre na provocação
quero encontrar-me a sós com meu segredo embora tarde
viver de novo intenso amor em fogo de paixão

se me encontrasse a sós com o meu segredo
e fosse da coragem o ícone um baluarte
limpasse o preconceito afugentasse o medo
e fosse mulher de novo que no amor reparte...

autor JRG

3 comentários:

Maria de Fátima disse...

Olá João, desejo um excelente ano de 2010 com saúde, paz, amor e felicidade para ti e para os teus.Beijocas.

Parapeito disse...

"limpasse o preconceito afugentasse o medo"
Infelizmente acontece muito haver o medo de ser diferente o medo do preconceito...dai haveren tantos segredos...
Que o ano de 2010 seja para o João um ano cheio de luz e vontade de acreditar que vale a pena viver.
Um abraço*

Joéliton dos Santos disse...

Oi..tudo boomm?
Gostei do blog...Estou te seguindoo...Té+++++++++++