09/07/2009

CONFISSÃO - EU HOMEM

não me perdoo

fui vitima pleno e predador

nasci no meio do nojo e do enjoo

e fiz no planeta em todo o reino que houvesse dor

***

não, não me perdoo

rasguei avisos normas preceitos antigos

fui indiferente à natureza a toda a vida zoo

abati matei menti abominei castigos

***

não, não me perdoo, em vão suplico

violei as leis do senso bom estraguei o ambiente

aniquilei espécies fiz portarias que não aplico

em poucos anos destrui hoje presente

***

amei mulheres quando não devia

destrui famílias que me pareciam desajustadas

fui guerrilheiro espalhei a dor a agonia

onde o amor a vida bela e simples floresciam decuidadas

***

Fui empresário de madeiras

traficante de drogas, de armas e de mais valias

fui fabricante de sonhos nas chaminés do mundo

espalhei crises criei pandemias inteiras

extrai petróleo penetrei nas minas mordomias

pratiquei o luxo inventei deus desci ao fundo

***

não, não me perdoo, mereço ser punido

fui vil cobarde da vida vingativo

ignorei amor amar em mim não fez sentido

estou pronto para pagar o que for activo

***

autor:j.r.g.

6 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Que desabafo... fortes palavras, fortes momentos, forte sentir.

Que sua semana seja de luz!

Rebeca

-

Maria de Fátima disse...

Olá João lindo e verdadeiro.Beijocas.

tem a palavra o povo disse...

Rebeca, luxuriantes tuas palavras que trazem a luz do teu olhar profundo.
Obrigado
joão

tem a palavra o povo disse...

Fatinha. Olá linda menina de olhar doce que seduz o mundo irado e o transforma em manso.
joão lindo e verdadeiro? ou as palavras do poema que atravessam os fogos de paixões proibidas?
Beijos

Parapeito disse...

Tu pecador te confessas...Pois mas os verdadeiros culpados...esses não o fazem...
Palavras reais que nos punem a todos...
Um abraço..e uma semana de brisas mansas*

tem a palavra o povo disse...

Olá amiga de olhar doce, são verdes esmeralda os teu olhos sobre o mundo, assumem o verde das florestas ainda virgens da insanidade humana.

Respira fundo,
vamos construir ou alguém de nós
um outro mundo

Bom Domingo, boa semana
Beijinhos de amizade